O QUE OS PRODUTORES QUE POSSUEM PROPRIEDADES NO BLOCO I PRECISAM SABER?

Post Image

SOBRE A ENTRADA DE ANIMAIS NA PROPRIEDADE SEM VACINAÇÃO

  1. Não tenham sido vacinados contra a febre aftosa.
  2. Tenham nascido ou permaneceram em zona livre de febre aftosa com vacinação por período mínimo de 3 (três) meses antes do embarque.
  3. Estejam identificados individualmente de forma permanente ou de longa duração (brinco ou tatuagem).
  4. Foram feitos testes de diagnóstico com resultados negativos para febre aftosa, em até trinta dias anteriores ao embarque (exceto Granjas de Reprodutores Suínos).
  5. A carga deverá estar lacrada na origem.

PARA A SAÍDA DE ANIMAIS DA PROPRIEDADE SEM VACINAÇÃO

Exigências de Santa Catarina: http://site.senarmt.org.br/wp-content/uploads/2021/09/Exigencias-de-Santa-Catarina.pdf

Para outras informações fale com o INDEA.

SOBRE O TRÂNSITO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL PARA O BLOCO I

Todo produto ou subproduto (carne e leite) obtido de animais susceptíveis à febre aftosa, originários de zona livre de febre aftosa (com ou sem vacina), terão livre trânsito em todo o território nacional, exceto cabeça e seus linfonodos, laringe e língua que deverão passar por tratamento para inativar o vírus da febre aftosa.

O QUE OS PRODUTORES QUE POSSUEM PROPRIEDADES NO BLOCO IV (com vacinação) PRECISAM SABER?