Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
 
   
 
 
01 de Out de 2020
 
TRIÊNIO 2020/2023
Nova diretoria do Sindicato Rural de Jaciara toma posse
 
Ascom Famato
 

Tomou posse na noite desta terça-feira (29/09) a nova diretoria do Sindicato Rural de Jaciara. O presidente do Sistema Famato, Normando Corral, e o diretor Administrativo e Financeiro da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Vilmondes Sebastião Tomain, participaram da cerimônia que empossou o produtor rural Alberto Luiz Chiapinotto, presidente eleito, e demais membros da diretoria. A solenidade aconteceu no salão de eventos do sindicato. 

Ao empossar Alberto Luiz Chiapinotto no cargo de presidente, Normando Corral falou da responsabilidade do presidente sindical e do significado do ato de posse. “A cerimônia de posse é umas das coisas que mais insisto em participar, porque caracteriza a continuidade. A continuidade de um sistema que precisa nos representar. Eu sempre digo que a responsabilidade do presidente de um sindicato rural é entregá-lo a quem irá lhe suceder de uma forma melhor que recebeu e, para isso, conte com o Sistema Famato durante todo o seu mandato”, disse.  

O produtor rural Antonio Figueiredo Mei entregou a chave do sindicato para o novo presidente que estará à frente da entidade sindical até o ano de 2023. O ex-presidente relatou o legado deixado pela diretoria, as dificuldades e sobretudo as realizações durante a gestão.  

Dirigindo-se ao novo presidente Alberto Chiapinotto, o produtor Antonio Mei disse que estar presidente abre muitas portas e um leque de oportunidades de fazer muitas coisas boas e sugeriu ao sucessor que dê prioridade à realização de ações da Famato e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), além de ouvir aqueles que o sistema sindical rural representa, que são os produtores, do pequeno ao grande.  

O ex-presidente do Sindicato Rural de Jaciara, Rogério Berwanger, licenciado durante seu mandato para cumprimento de projetos pessoais, destacou a importância do Senar-MT na qualificação da mão de obra rural. “Os programas de aprendizagem rural do Senar ofertados aos produtores e trabalhadores rurais de Jaciara e região Sul do estado foram fundamentais para alavancar as ações do sindicato durante a nossa gestão. Foram três anos de muitas parcerias de sucesso, atendemos uma grande demanda por cursos, inclusive em 2019 fomos um dos sindicatos vencedores do Prêmio de Mobilização Sindical”, contou Rogério. 

O presidente empossado destacou a importância do trabalho coletivo para o sucesso das ações do sindicato e agradeceu aos produtores pela confiança. “Agradeço primeiramente a Deus, a minha família, esposa e filhos, por me apoiarem e em especial àqueles que me elegeram demonstrando sua confiança. Honrarei com o fortalecimento e responsabilidade social dessa entidade. Sei que o trabalho deve ser no coletivo. Não vai ser fácil, mas trabalhando em conjunto com meus companheiros de chapa, venceremos os desafios”, disse Chiapinotto. 

O presidente do Sistema Famato, Normando Corral, ao homenagear os dois ex-presidentes que passaram pela gestão do triênio 2017/2020, Antonio Mei e Rogério Berwanger, com o troféu Luiz Alfeu, destacou que eles entregam a “casa” do produtor com grande representatividade.

O troféu é uma homenagem do Sistema Famato aos presidentes que cumpriram suas responsabilidades na gestão do sindicato e contribuíram para o desenvolvimento da agropecuária de Mato Grosso.   

Chiapinotto reforçou a missão do sindicato para o triênio 2020/2023. “Entre elas está a ampliação das missões institucionais de representatividade e serviços prestados ao homem do campo. E, para isso, vamos contar com o apoio da Famato e do Senar.  

“Além de nos dedicarmos à defesa do setor produtivo rural e à capacitação do produtor rural, trabalharemos para criar oportunidades e promover a cidadania por meio da educação e de programas especiais”, disse o presidente empossado. 

Também participaram do evento o assessor de Relações Institucionais do Senar-MT, Rogério Romanini, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antônio Galvan, produtores rurais, amigos e familiares da diretoria empossada.

 

 

 

 



Fonte: Ascom Famato