Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
25 de Mar de 2021

voltar
 
LIDERANÇA
Finalistas mato-grossenses do CNA Jovem apresentam seus desafios para a equipe do Senar-MT
 
Encontro ocorreu via webconferência
 

Nesta quinta-feira (25.03), os quatro mato-grossenses finalistas do Programa CNA Jovem apresentaram seus projetos para a equipe do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). A troca de informações sobre cada iniciativa foi produtiva e edificante.

Para o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, popularmente conhecido como Chico da Paulicéia, o Programa desenvolve as lideranças jovens do país.  "Vocês têm uma missão muito importante em uma área representativa para o Brasil e para Mato Grosso. O CNA Jovem dará uma bagagem muito boa para vocês", destacou.

O diretor de operações, Carlos Augusto Zanata, mais conhecido como Guto Zanata, acrescenta que com o dinamismo nas mudanças do mundo, os líderes passam a ser aqueles que sabem fazer as perguntas certas. "Até bem pouco tempo um líder tinha que ter todas as respostas, agora tem que saber perguntar e contribuir na construção das respostas".

Com um nome bem atraente para o mercado, o objetivo do Superagro é mobilizar os jovens produtores a saírem da informalidade, conforme explica a zootecnista Anna Luz, de 28 anos, integrante do grupo junto com jovens de outros estados.  "A partir do que nos foi proposto, entendemos que o nosso desafio é formalizar não só a produção, mas também o trabalho do jovem líder". 

Jackelliny Rosa apresentou o desafio da Amenan MII - que significa inovando a roça. Ela é zootecnista e analista da Regional do Senar-MT em Juína. Ela explica que o desafio de seu grupo também é voltado para a área sindical. "Pretendemos replicar as medidas que reduzam a desigualdade das regiões e criar meios para possibilitar a diversificação e sustentabilidade produtiva".

O zootecnista Flávio de Andrade, que também é um dos finalistas e representante do grupo Mobilizes, destaca que o desafio do seu grupo é replicar modelos de maturidade sindical em cada cadeia produtiva. "Vamos propor o fortalecimento e a modernização dos sindicatos rurais".

Já o desafio do grupo JAÉ, do qual Camila Malagi - de Lucas do Rio Verde - faz parte é aumentar a produção sustentável e difundir os produtos do Norte e Nordeste do Brasil. "Pretendemos fomentar o beneficiamento dos produtos para aumentar a conservação. O desafio, assim como dos outros grupos, é gigantesco", destaca.



Fonte: Assessoria de Imprensa/ Senar-MT
 

VEJA TAMBÉM
Produtora de leite investe nos derivados e inaugura agroindústria em Querência
Finalistas mato-grossenses do CNA Jovem compartilham suas histórias em web conferência
7ª Dinetec começa hoje em Canarana
Faculdade CNA abre inscrições para cursos de graduação EAD para o agronegócio
 
Veja mais notícias

Buscar Cursos
 
 POR TIPO DE CURSO
 
 
  POR CIDADE
 
 
 
Formação Profissional Rural
 
 
Promoção Social
 
 
 
 
 
 
(65)3928-4800
SENAR-MT 2014 - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
senar@senarmt.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, sn, Qd 01
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP 78.049.015 - Cuiabá-MT