Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
19 de Ago de 2020

voltar
 
PRIMEIRA TURMA DE 2020
Programa Campo Aprendiz inicia turma em Querência com 80% de mulheres
 
...
 

Desde o dia 17, está sendo realizada - em Querência - a primeira turma de 2020 do Curso de Aprendizagem em Mecanização Agrícola, que faz parte do Programa Campo Aprendiz. O treinamento desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), em parceria com o Sindicato Rural, passou por uma reformulação no início do ano e traz novidades na parte técnica, mas a maior surpresa foi a composição da turma com 80% de mulheres.

Dos 11 inscritos, nove são do sexo feminino, como Cristiana Araújo Silva, 18. A jovem é técnica em agropecuária e vai dar o seu melhor para aproveitar os ensinamentos. "Essa é uma oportunidade única para termos contato direto com o campo. Nunca trabalhei em uma grande propriedade e a minha expectativa é que eu tenha um bom desempenho."

Melissa Wendy Mendes, 21, deixou a família em Rondônia para atuar como técnica em agropecuária autônoma em Querência. A jovem acredita que a oportunidade lhe proporcione ainda mais conhecimento. "Estou tratando como uma especialização que vai me trazer experiência e abrir as portas para conseguir um emprego com carteira assinada".

O curso é o meio para atendimento à Lei da Aprendizagem (nº 10.097/2000) no âmbito rural e o Senar é a instituição responsável para possibilitar a formação teórica/prática dos estudantes. Devem participar do treinamento pessoas de 18 a 24 anos que tenham concluído o ensino médio e sejam contratadas na modalidade de jovens aprendizes pelas propriedades rurais. A carga horária compreende cerca de 960 horas e a previsão para conclusão é março de 2021.

De acordo com o supervisor do Senar-MT na Regional de Querência, Kleber Muller, serão abordados diversos módulos desde conteúdos básicos até operacionalização de máquinas. "Eles aprenderão sobre Normas Regulamentadoras do setor, introdução ao cultivo, manutenção de maquinário intercalando a teoria e a prática, ao longo dos nove meses de contrato."

Mudanças no Programa - A partir da reformulação do Programa em 2020, há a possibilidade de funcionários de várias empresas participarem da mesma turma. Anteriormente, os grupos eram compostos apenas por trabalhadores da mesma propriedade.

Segundo a analista da Equipe Técnica do Senar-MT, Daniela Niccioli, houve mudanças apenas em definições internas, não para os estudantes. "A metodologia é a mesma, apenas alinhamos demandas que já haviam sido solicitadas e alteramos alguns procedimentos para as empresas."

O curso atende os requisitos da legislação e a formação das turmas cumpre o mesmo processo dos demais treinamentos do Senar-MT. "Tem uma cota de aprendizagem que a empresa precisa cumprir e o número de aprendizes é proporcional ao total de funcionários naquela função. Cabe à propriedade contatar o sindicato rural local que vai verificar os requisitos para formação de turma".



Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT
 

VEJA TAMBÉM
João Zanata, produtor rural de Tangará da Serra faleceu nesta sexta-feira (15.01)
Cultivo do coco vira possibilidade para produtores de Mato Grosso
Faculdade CNA abre inscrições para polos em Mato Grosso
7ª Dinetec começa hoje em Canarana
 
Veja mais notícias

Buscar Cursos
 
 POR TIPO DE CURSO
 
 
  POR CIDADE
 
 
 
Formação Profissional Rural
 
 
Promoção Social
 
 
 
 
 
 
(65)3928-4800
SENAR-MT 2014 - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
senar@senarmt.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, sn, Qd 01
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP 78.049.015 - Cuiabá-MT