Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
20 de Jul de 2020

voltar
 
LUTA CONTRA O FOGO
Produtores rurais se preparam com cursos e maquinários para enfrentar queimadas
 
Treinamento de Prevenção e Controle de Fogo na Agricultura
 

O período proibitivo contra queimadas em Mato Grosso está vigente há 15 dias, mas a preparação dos produtores rurais para enfrentarem a seca neste ano iniciou há 10 meses. Desde setembro de 2019, trabalhadores da região do Vale do Araguaia recebem treinamentos para o combate ao fogo, pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceria com os sindicatos rurais.

Ao todo, foram realizadas sete capacitações em seis municípios do leste do Estado, até o início das restrições para combate e prevenção à Covid-19. Os cursos são direcionados tanto à formação de brigada de incêndio quanto para prevenção e controle do fogo na agricultura, treinamentos que orientam os trabalhadores sobre como agir em situações de incêndio na lavoura e nos armazéns.

Além das capacitações, parte dos maquinários das propriedades é adaptada para o combate ao fogo. Caminhões pipa com capacidade a partir de 10 mil litros de água e pulverizadores agrícolas são algumas das estratégias. "Princípios de incêndio são comuns por conta do clima, da palhada do milho e do aquecimento das máquinas na colheita, por isso, sempre tem alguém da equipe por perto, pronto para não deixar o fogo se espalhar", afirmou o produtor e presidente do sindicato rural de Querência, Gilmar Wentz.

O produtor Endrigo Dalcin sentiu na pele o impacto das queimadas em Nova Xavantina, há três anos. Um prejuízo estimado em R$1.500 por hectare de milho plantado e reflexos negativos que afetaram as safras posteriores. "Na safra de soja daquele ano tive um prejuízo de seis sacas por hectare, sem contar que a área leva quatro anos para se recuperar completamente. Nas partes afetadas pelo fogo, tivemos que começar do zero".  

Segundo o produtor que atualmente também é o presidente do Sindicato Rural no município, apesar da maioria dos treinamentos terem sido suspensos por conta da pandemia, as orientações continuam sendo repassadas. "Orientamos para que as colheitas sejam feitas nos horários menos quentes do dia e para os produtores fazerem os aceiros, principalmente nas fronteiras com áreas indígenas e estradas".

Em Água Boa, o Sindicato Rural tem utilizado os meios de comunicação para se aproximar dos produtores. "Fizemos trabalhos de conscientização com o produtor e vamos às rádios futuramente", afirma o presidente, Antônio Fernandes de Mello.

Programações - Em 2020, o início do período proibitivo foi antecipado de 15 para 1º de julho, para minimizar os riscos de poluição do ar durante a pandemia de Covid-19. O encerramento está programado para o dia 30 de setembro, mas pode ser prorrogado.

De acordo com o supervisor do Senar-MT na Regional de Querência, Kleber Muller, já estão programados os treinamentos para o próximo ano. "Em setembro, estão previstas duas capacitações de formação de brigada de incêndio visando o período de seca em 2021", diz.

 



Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT
 

VEJA TAMBÉM
Centro de Treinamentos se preparam para retomar as atividades
Senar-MT oferta curso de jardinagem em Nova Mutum
Produtores rurais criam grupo de whatsapp com brigadistas e corpo de bombeiros
Pecuaristas se preparam para 2ª etapa de vacinação contra brucelose
 
Veja mais notícias

Buscar Cursos
 
 POR TIPO DE CURSO
 
 
  POR CIDADE
 
 
 
Formação Profissional Rural
 
 
Promoção Social
 
 
 
 
 
 
(65)3928-4800
SENAR-MT 2014 - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
senar@senarmt.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, sn, Qd 01
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP 78.049.015 - Cuiabá-MT