Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
27 de Mai de 2020

voltar
 
ANIVERSÁRIO
Assistência Técnica e Gerencial do Senar-MT completa cinco anos
 
Assessoria/Senar-MT
 

Nesta quarta-feira (27.05), a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), completa cinco anos. O lançamento foi feito em 27 de maio de 2015 e o primeiro programa foi o Senar Tec Leite, implantado em Pontes e Lacerda.

Em cinco anos, a equipe cresceu e a assistência técnica se expandiu para mais de 30 municípios mato-grossenses. Em 2020 atende mais de 600 propriedades rurais, mas nestes últimos cinco anos já atendeu mais de mil produtores rurais. Além da cadeia produtiva do leite, a equipe do Senar-MT também presta assistência para produtores da bovinocultura de corte, da horticultura e da fruticultura.

Em Pontes e Lacerda o programa Senar Tec Leite, primeiro a ser implantado em Mato Grosso,  foi encerrado em novembro de 2019. De acordo com o coordenador de ATeG, do Senar-MT, Armando Urenha, um dos resultados deste programa foi o aumento médio anual de 37% na produção de leite em 20% das 120 propriedades que fizeram parte do Senar Tec Leite.

Cristino Ferreira Rodrigues é um destes produtores. Ele conta que no período em que foi assistido teve um aumento de 69% na produção mensal de leite, 46% na produção diária e, ainda um aumento de mais 20 animais no rebanho total da propriedade.

Além de Cristino e da esposa Luana Beatriz, o pai Uilton Francisco e a mãe Maria de Fátima também trabalham na produção de leite. "Tivemos uma melhora de 100% nas atividades depois que passamos a ser assistidos pelo Senar-MT", conta Cristino.

Em 2018, a ATeG do Senar-MT começou a atender outras cadeias produtivas e foi lançado o Senar Tec – Horticultura e o Senar Tec – Gado de Corte (FPS). Desenvolvido no município de Tangará da Serra, o Senar Tec Horticultura atende 30 propriedades na cadeia produtiva da Olericultura e 30 na de fruticultura.

Silvano Aparecido Barbosa, fruticultor, em Tangará da Serra é um dos assistidos pelo Senar-MT. Dos 26 hectares que tem o seu sitio chamado "Chapada", mais de 12 estão plantados com abacaxi. Ele conta que a dificuldade sempre foi a falta de assistência técnica. "Com a chegada do Senar Tec Horticultura tudo está melhorando com muita rapidez e, isso me deixa ainda mais entusiasmado".

Já o Senar Tec – Gado de Corte- Fazendas Pantaneiras Sustentáveis (FPS) é desenvolvido em parceria com a Famato, Embrapa e Acrimat, atende 15 (quinze) propriedades na cadeia produtiva do Gado de Corte, nos municípios de Cáceres, Itiquira e Poconé. Mesmo ainda em fase inicial, os produtores assistidos já apontam resultado positivos.

José Benedito de Arruda e Silva, proprietário da Fazenda União, no município de Poconé, conta que as visitas são importantes para a troca de informações e ampliação do conhecimento. O produtor acrescenta que, apesar do pouco tempo sendo assistido pelo Senar-MT, já contabiliza resultados positivos e melhoria no manejo de vários setores da propriedade.



Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT
 

VEJA TAMBÉM
Capacitação destinada para mulheres ensina conhecimentos técnicos sobre propriedades rurais
Em outubro Senar-MT ofertará 26 cursos nos Centros de Treinamentos
Sem aulas, escola recebe treinamento e professores iniciam cultivo de horta
Senar-MT e Sindicatos Rurais ofertam capacitação para o setor da fruticultura
 
Veja mais notícias

Buscar Cursos
 
 POR TIPO DE CURSO
 
 
  POR CIDADE
 
 
 
Formação Profissional Rural
 
 
Promoção Social
 
 
 
 
 
 
(65)3928-4800
SENAR-MT 2014 - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
senar@senarmt.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, sn, Qd 01
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP 78.049.015 - Cuiabá-MT