Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
31 de Ago de 2021

voltar
 
PESCADO
Semana do Pescado incentiva consumo em todo o País
Wenderson Araujo
 

Brasília (31/08/2021) - A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) é uma das apoiadoras da 18ª Semana do Pescado, evento que será realizado de 1º a 15 de setembro, com o objetivo de incentivar o consumo de pescado em todo o Brasil.

Além de reunir a cadeia produtiva para fomentar e desenvolver o consumo de pescado no varejo e food service brasileiro, a campanha pretende consolidar uma época de grande consumo de pescado e instituir uma cultura duradoura de consumo de peixes e frutos do mar no Brasil.

Segundo o presidente da Comissão Nacional de Aquicultura da CNA, Eduardo Ono, trata-se de uma ação massiva de divulgação – que envolve promoções e eventos gastronômicos – para fomentar o aumento e a diversidade do consumo. Além do grande varejo, as redes de restaurantes, peixarias e até feiras participam da campanha.

“É um evento extremamente importante para o nosso setor porque já virou uma espécie de segunda quaresma em relação ao pico do aumento de consumo e de comercialização de pescado no País”, afirmou Eduardo Ono.

Como benefícios também são esperadas a geração de uma nova perspectiva de planejamento produtivo e de novos negócios para o fortalecimento da cadeia produtiva, por meio da difusão de conhecimento e valorização dos profissionais do setor.

A Semana do Pescado também conta com o patrocínio da Associação Brasileira dos Criadores de Camarão (ABCC), da Associação Brasileira das Indústrias de Pescados (Abipesca) e da Associação Brasileira de Fomento ao Pescado (Abrapes), entre outras entidades e empresas do setor.

A Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) também apoia a semana na divulgação dos conteúdos para que os produtores rurais tenham acesso às informações.

Produção - Segundo dados da Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção aquícola no Brasil (incluindo peixes, camarões, ostras, vieiras e mexilhões) cresceu 3,2% em 2019 em relação a 2018, e alcançou 599 mil toneladas. Os números apontam um crescimento constante do setor de 3% a 7% desde o início da série histórica, em 2013.

A tilápia continua como espécie mais produzida, respondendo por 61,1% da produção nacional de peixe. A produção alcançou mais de 323 mil toneladas em 2019, crescimento de 3,35% em relação a 2018, segundo a PPM.

Exportações – O setor de pescados exportou US$ 45,8 milhões no mês de julho de 2021. Esse valor representa uma expansão de 52,4% frente ao mesmo mês em 2020. No acumulado no ano até julho, as exportações do setor totalizaram US$ 157,3 milhões, marcando um crescimento de 30,5% frente ao mesmo período de 2020.

Para informações sobre a Semana do Pescado clique aqui.

Leia mais sobre o tema:

CNA debate alternativas para aumentar produção e consumo de pescados

CNA avalia que Selo Arte para pescados vai agregar valor aos produtos

Agro.BR promove capacitação sobre exportação de pescados e frutos do mar

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte



Fonte: Assessoria de Comunicação CNA
 

VEJA TAMBÉM
Instituto AgriHub anuncia as nove startups selecionadas para o Seed Innovation
AgriHub Space lança ciclo de atividades com conteúdo de inovação
Normando Corral fará parte da diretoria da CNA
IV Fórum Estadual de Vigilância contra a Febre Aftosa será dia 30 de setembro
 
Eventos

nenhum evento com foto
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar Retificação do CAR
Senar-MT Responde Nota Avulsa Eletrônica
Bom dia Senar Composição de Dívidas
 
 
       
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT