Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
 
   
 
 
14 de Nov de 2019
 
HORTA ESCOLAR
Parceria e envolvimento garantem boa colheita
 
Assessoria de imprensa/SR - Rondonópolis - Cláudia Bouviê
 

A Escola Municipal Bonifácio Sachetti, do bairro Parque São Jorge, começa a colher os resultados do Projeto Irrigador Solar feito com garrafa pet em horta escolar. A criação dos alunos do 5º ano, coordenados pelos professores, já ganhou prêmio dentro do Projeto Papiro da Secretaria Municipal de Educação e investiu tudo na horta.

"Nossa Escola tem espaço e queremos aproveitar da melhor maneira. Essa horta envolve alunos, professores e a comunidade e isso é o que queremos. Contamos com o apoio do morador do bairro, Manoel Messias, que trabalha na horta e prepara a terra para ampliar nossa plantação", garante a coordenadora do Projeto Karina de Fátima Antunes de Souza.

No espaço, que já ganha destaque no pátio da Escola, os canteiros já foram feitos e cultivados, tem rúcula, alface, mostarda e cheiro verde prontos para a colheita. "Agora no período de chuva nem vamos utilizar o irrigador, mas vamos apresentar o projeto na Fecit e que sirva de exemplo para outras escolas e instituições para manter a horta irrigada e garanta a produção também durante a seca", explica Karina.

Parcerias - Além do prêmio que o Projeto de irrigação recebeu e a ajuda da Secretaria Municipal de Agricultura que garantiram o alambrado e a compra dos itens para a construção da horta hidropônica, a Escola conquistou parceiros para manter o projeto.

A Empaer participa com os técnicos que ajudam a montar as duas hortas, a convencional e a hidropônica, além da assistência direta; e a Aprosoja que dá o primeiro passo de um grande Projeto de instalação de hortas em Escolas e Instituições.

"Nossa programação é para que as unidades de educação tenham sua própria horta. É importante para a familiarização dos alunos com as atividades do agro. Ter contato com a terra e entender o processo de plantio, cuidados e colheita dos alimentos dão para essa garotada os conhecimentos da principal fonte da economia do Estado e do Município. Temos a missão de envolver os alunos e fazer com que desde pequenos eles entendam a importância de ter na escola ou em casa uma horta", disse Tárcis Sachetti, delegado da Aprosoja.

Na manhã dessa quinta-feira (14.11), o supervisor de projetos da Aprosoja, Gean Luís Ramos, entregou na Escola Bonifácio Sachetti o kit de fertilizantes para que o projeto da garotada se desenvolva. "Vamos incentivar instituições e escolas para que mantenham uma horta. Nossa participação pode ser com produtos e sementes e a Aprosoja cada vez mais, se integra à comunidade, esse também é nosso papel", encerra Gean. 



Fonte: Assessoria de Imprensa/ SR - Rondonópolis - Cláudia Bouviê