Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
 
   
 
 
27 de Mar de 2019
 
NOVA DIRETORIA
Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde tem novo presidente
 
Ascom Famato
 

Na noite do dia 25 de março a nova diretoria do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde foi empossada em uma cerimônia o auditório da entidade. O agricultor Antônio Izac Fraga Lira é o novo presidente para o triênio 2019/2021. Além da classe produtora, estiveram presentes autoridades locais, representantes de entidades do setor produtivo, familiares e amigos dos empossados.

  

A mesa de honra foi composta pelo presidente do Sistema Famato, Normando Corral, pelo presidente da Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja- MT), Antônio Galvan, prefeito municipal de Lucas do Rio Verde, Flori Luiz Binotti, o presidente da Fundação Rio Verde, Marino Franz, e o presidente do sindicato por dois mandatos Carlos Simon.

 

A solenidade iniciou com a transição de cargo do então presidente Carlos Simon para o presidente eleito, Antônio Izac Fraga Lira. Para selar o ato de posse, simbolizando a responsabilidade e o compromisso com a classe produtora, Simon fez a entrega de um troféu, em formato de trator, com a frase “Produtor unido sindicato forte”. Em seguida, Carlos Simon e todos os membros da sua diretoria receberam um troféu em reconhecimento aos serviços prestados. 

 

No discurso de posse Lira firmou o compromisso de juntamente com a sua diretoria trabalhar em favor do setor produtivo rural e dos associados. “Vamos sair sempre em defesa dos interesses do produtor rural e trabalhar pelo desenvolvimento do agronegócio Luverdense. Estaremos em alerta às grandes questões que afligem o agro e as políticas agrícolas. E para isso contamos com o apoio do Sistema Famato e de todas as entidades que representam o produtor rural”, disse Lira. 

 

Carlos Simon, ao “passar as chaves” do sindicato, destacou que a missão que lhe foi confiada foi cumprida. “Durante esses seis anos no cargo de presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde e seis anos como vice-presidente, orientamos, informamos e representamos os produtores rurais, como também cuidamos de seus interesses institucionais e políticos. Na minha gestão prestamos serviços de forma eficiente e sempre promovendo a sustentabilidade e rentabilidade da atividade. Mas não estava sozinho, tive minha diretoria do meu lado, nas grandes e pequenas questões. Agradeço a todos os diretores que estiveram comigo nessas três gestões. Obrigada por não medirem esforços para colaborar com a classe ruralista e com a instituição”, discursou.

 

Lira destacou que vai investir no associado, qualificando a mão de obra, os profissionais que trabalham nas propriedades rurais, através de cursos e treinamentos ofertados pelos Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), como também qualificar a equipe de colaboradores que está sempre em contato direto com o produtor. “Além disso vamos trabalhar para que mais produtores se associem ao sindicato”, destacou. 

 

O presidente do Sistema Famato, Normando Corral, disse que o Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde tem um histórico de bons presidentes. “E com certeza o produtor, Antônio Lira, está à altura de todos que o antecederam. Nós do Sistema Famato não poderíamos deixar de prestigiar esse momento tão importante para o sistema sindical. Como também não poderíamos deixar de ressaltar e parabenizar o presidente Carlos Simon pela dedicação e comprometimento com o setor produtivo ao longo desses dois mandatos que esteve à frente do sindicato. Nós acreditamos no potencial desse sindicato e defendemos que uma Federação forte só se faz com a união de todos os sindicatos”, discursou Normando Corral.

 

Show Safra – Ainda em agenda no município de Lucas do Rio Verde, Normando Corral prestigiou no dia 26 de março a abertura oficial da Show Safra BR-163. 

 

Durante todo o dia, Normando e os diretores da Famato, Vilmondes Tomain (Administrativo e Financeiro) e José Luiz Fidelis (Relações Institucionais), visitaram os estandes e prestigiaram os demais acontecimentos nas dependências da Fundação Rio Verde. A feira que conta com 250 expositores segue com a programação até o dia 29 de março.  

 

FS Bioenergia – No período da tarde a diretoria da Famato e o presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde, Antônio Lira, prestigiaram a inauguração da 2º fase da primeira agroindústria do Brasil na produção de etanol e coprodutos 100% a partir do milho. A FS é resultado de uma colaboração entre o agronegócio brasileiro Tapajós Participações S/A e o Summit Agricultural Group, sediado nos Estados Unidos. 

 

Com um investimento de aproximadamente R$ 1 bilhão será construída a segunda usina de biocombustível em Mato Grosso. A construção será feita em duas etapas. Na primeira, será construída uma área que vai operar com uma capacidade de produção de 265 milhões de litros por ano, com investimentos de R$ 700 milhões. Já a segunda etapa, está previsto o investimento de mais de R$ 300 milhões, para dobrar a capacidade de produção da usina.  

 

De acordo com o investidor, Rafael Abud, além da produção de etanol, a expectativa é produzir, anualmente, cerca de 340 mil toneladas de farelo de milho e 17 mil toneladas de óleo. A nova fábrica também terá a capacidade de co-gerar cerca de 130 mil MWh de energia ano. 

 

 

 



Fonte: Ascom Famato