Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
 
Prorrogado prazo da Dívida Ativa da União
TV Famato, informação sempre perto de você
Gefine 2.0 disponível
   
 
 
22 de Nov de 2018
 
MÉDIO-NORTE
Sindicato Rural de Sinop reúne produtores do médio-norte de MT
 
Ascom Famato
 

O Sindicato Rural de Sinop realizou no dia 14 de novembro uma reunião com presidentes de sindicatos e produtores do médio-norte de Mato Grosso para tratar de assuntos referentes à duplicação da BR-163, representatividade do Fórum Agro-MT e estratégias de atuação, Fethab 1 e 2, taxação, fortalecimento e união das entidades que representam o agronegócio de Mato Grosso, Ferrogrão e a  data de plantio para semente salva de soja.

 

O encontro contou com a presença do presidente do Sistema Famato e presidente do Fórum Agro, Normando Corral, e do presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antônio Galvan.

 

Normando Corral fez uma breve explanação sobre a atuação do Fórum Agro – MT, criado em 2014 com o objetivo de fomentar o desenvolvimento do agronegócio do estado. É formado pelas entidades Famato, Aprosoja, Ampa, Acrimat, Acrismat e Aprosmat. “Todas essas entidades têm direito de voto nas tomadas de decisões”, esclareceu Normando.

 

O Fórum Agro MT tem a missão de harmonizar as atividades das entidades participantes, fortalecer a representatividade do setor produtivo rural, assim como estimular políticas públicas para o desenvolvimento da agropecuária. “Todas as demandas levadas ao conhecimento do Fórum, relacionadas ao setor, independente das cadeias produtivas, se é de interesse somente da instituição a ou b, serão tratadas de maneira igual, sendo discutidas, votadas e dados os encaminhamentos necessários. Todas as decisões são coletivas”, explicou o presidente.

 

O grupo atuará em Comissões Técnicas Permanentes, reuniões com o Poder Público e privado, autoridades estaduais e nacionais, Frentes Parlamentares do Agronegócio, e entre outros.

 

Também foram tratadas pautas internas e estratégias de comunicação no sistema sindical rural. Na oportunidade, os produtores e presidentes discutiram vários outros assuntos estratégicos da região, tiraram dúvidas e fizeram sugestões.

 

Participaram os presidentes de sindicatos, Tiago Stefanello (Sorriso), Emerson Zancanaro (Nova Mutum), Sergio Dalmaso Ferreira (Cláudia), Albino Castilho Ruiz (Nova Ubiratã) e membros das diretorias dos sindicatos de Ipiranga do Norte e Vera.

 

Visita técnica – Após a reunião, o grupo fez uma visita técnica nas obras da usina de etanol de milho que está sendo construída pela Indústria Paraguaya de Alcoholes S.A (Inpasa), uma multinacional de capital aberto.

 

A Inpasa pretende ser a maior usina de etanol do país, com previsão para começar a operar em Sinop em 2020. A usina é a primeira do grupo neste porte a ser instalada no Brasil.

 

A capacidade de produção será de 1,4 milhão de litros de álcool por dia, moendo cerca de 3 mil toneladas de milho diariamente e 800 mil t e a 1 milhão t ao ano. A matéria-prima para a indústria virá de Sinop e também dos municípios vizinhos.

 

O investimento estimado para a indústria é de R$ 500 milhões. Ao longo da construção devem ser gerados cerca de 3 mil empregos.

 

Também participaram da reunião e da visita técnica o diretor de Relações Institucionais da Famato, José Luiz Fidelis, e o assessor de Relações Institucionais do Senar-MT, Rogério Romanini. 

 

 



Fonte: Ascom Famato