Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
 
   
 
 
21 de Out de 2013
 
HOMERO PEREIRA
Morre Homero Pereira, grande líder dos produtores rurais
 
Divulgação
 

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) lamenta profundamente a morte de Homero Pereira, ex-deputado federal, produtor rural, líder do agronegócio.  Também presta solidariedade a toda a família enlutada.

 

Ele faleceu na manhã deste domingo (20). O corpo será velado no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (FAMATO), a partir das 20h deste domingo. O enterro será nesta segunda (21), em Cuiabá.

 

Homero foi o homem que fez muitas conquistas do agronegócio acontecerem nos últimos anos. Lutou pela classe nas federações, nas associações e no Legislativo Federal. Sem ele, muitos avanços não seriam possíveis. Os produtores rurais de Mato Grosso não têm palavras para descrever este grande homem e para agradecer tudo o que ele fez.

 

Pereira lutava contra o câncer desde o início deste ano. Em fevereiro, solicitou licença da Câmara dos Deputados para iniciar o tratamento quimioterápico para combater o tumor maligno do tipo carcinoma. Prorrogou sua ausência algumas vezes, durante a qual enfrentou 15 sessões consecutivas de quimioterapia, além da gastrectomia (retirada total do estômago). Afastou-se do cargo definitivamente em setembro, para se dedicar à saúde. Infelizmente, o tratamento não surtiu o efeito esperado e ele não resistiu à doença.

 

Trajetória política - Homero Pereira projetou-se na política a partir da liderança conquistada junto ao setor rural em Mato Grosso e no Brasil. Enquanto presidente da Federação da Agropecuária de Mato Grosso (Famato), coordenou grandes manifestações em Mato Grosso e Brasília. Uma delas conhecida por Tratoraço reivindicara prorrogação das dívidas rurais.  Tratores do Brasil inteiro invadiram o Distrito Federal expondo o alto endividamento devido a juros exorbitantes dos financiamentos.

 

Foi com a mesma determinação por mudanças estruturais no campo, que Homero aceitou o desafio de disputar pela primeira vez uma vaga no parlamento federal. O projeto foi lançado pela base da agropecuária empresarial, na qual militava, e teve também o apoio da agricultura familiar, neste caso, um reconhecimento ao trabalho realizado enquanto secretário de Estado de Desenvolvimento Rural na primeira gestão do Governo Blairo Maggi.

 

Foi elevado a deputado federal com votação expressiva nos dois pleitos em que disputou. O primeiro, em 2006, obteve mais de 100 mil votos. Já no segundo, 112.421 mil pessoas decidiram manter Homero Pereira no Congresso Nacional. Nas duas eleições foi o segundo mais votado no Estado.

 

Em pouco tempo na Câmara dos Deputados, o parlamentar se destacou pelo trabalho junto à Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Capadr) e do Meio Ambiente (CMA).

Suas intervenções ponderadas, equilibradas e o estilo conciliador fizeram dele presidente da maior bancada do Congresso Nacional, a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e coordenador da Bancada Federal do Estado.



Fonte: Ascom Aprosoja