Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
16 de Ago de 2018

voltar
 
INOVAÇÃO E CONHECIMENTO
Fazenda que produz 37.600 litros de leite por dia atrai atenção dos mato-grossenses
 
 

A quarta-feira (15.08) foi bastante produtiva para o grupo de mato-grossenses que participa da Missão Técnica de Castro. O dia começou com uma visita à fazenda Fini que produz 37.600 litros de leite por dia. Em seguida, o grupo participou de uma reunião no Sindicato Rural de Castro, que tinha uma pauta extensa e incluía assuntos como meio ambiente e representação sindical. O dia foi encerrado com uma visita a Chácara Marujo que produz e comercializa silagem pré-secada de azevém. Além disso, também cria suínos e os efluentes gerado pela granja passa por biodigestores, gerando biogás que é utilizado para diversas finalidades.

 

Recheado de perguntas, questionamentos e muito conhecimento, o terceiro dia de Missão Técnica também foi de muita troca de informações. No Sindicato Rural de Castro, recebidos pelo presidente Eduardo Medeiros Gomes, que falou sobre a produção da região e das dificuldades que o Sindicato enfrenta no dia a dia, o grupo teve a oportunidade de fazer uma integração. Além de ouvir os presidentes paranaenses, o assessor de Relações Institucionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), Rogério Romanini falou sobre o Prêmio de Mobilização e as experiências vividas no estado. "As realidades são diferentes, mas essa troca de informações nos ajuda a ter novas ideias".

 

Já na Fazenda Fini, o grupo foi recebido pelo proprietário Hans Jan Goenwold e sua família. Com um rebanho de cerca de duas mil cabeças, sendo que destes pelo menos 950 são vacas em lactação, a Fini é uma das mais importantes propriedades leiteiras do Brasil, localizada na região dos campos gerais, Colônia de Castrolanda, no município de Castro.

 

As vacas são mantidas em sistema de confinamento "free stall" que consiste em em áreas com camas individualizadas, corredores de acesso e pistas de trato. A cada dia são ordenhadas cerca de 650 da raça Holandesa, com média de produção de 39,42kg/vaca/dia e média de lactações de 12.051 Kg/vaca/305dias.  "Investimos muito em genética e fazemos experiências constantemente dentro da propriedade para encontrar soluções para nossos problemas", explica Igor Van Den Boroek, que é genro de Groenwold.

 

Igor também explicou com detalhes como é feito o desmame das bezerras, que segundo ele, é um setor muito importante para a propriedade. A visita incluiu ainda muitas informações sobre silagem, inseminação artificial, ordenha e vários outros processos realizados dentro da fazenda. "Estamos entre os 10 maiores produtores de leite do Brasil e, nosso quadro de funcionários conta com 38 colaboradores".

No período da tarde, os mato-grossenses foram para a Chácara Marujo. Recebidos pelo proprietário Jan Haasjes, o grupo formado por mobilizadores e representantes dos Sindicatos Rurais que ganham Prêmio de Mobilização – 2017, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) e técnicos da instituição tiveram a oportunidade de conhecer o processo de produção de silagem pré-secada de azevém. Porém, o que mais despertou o interesse foi o papel dos biodigestores. Jan conta que também cria suínos e o efluente gerado pela granja passa por biodigestores, gerando biogás que é utilizado para diversas finalidades, como aquecimento do piso na maternidade e creches através de aquecedores de água e um sistema de serpentinas de água.  "O biogás também é usado para a secagem de grãos e geração de energia elétrica. Num futuro próximo, pretendemos produzir biometano (Biogás purificado), para poder movimentar caminhões e tratores da propriedade", conta.

E assim, com o produtor mostrando sua fábrica de equipamentos que ele mesmo e sua equipe criam para atender as necessidades da propriedade, os mato-grossenses viram a noite chegar e a temperatura cair.

 



Fonte: Assessoria de Imprensa
 

VEJA TAMBÉM
Produtores garantem que a primeira Missão Técnica SENAR Tec Leite foi muito produtiva
Mato-grossenses buscam conhecimento e novidades em propriedades de leite em Goiás
SENAR Tec Hortifruticultura foi lançado em Tangará da Serra nesta quarta-feira (26.09)
SENAR-MT e Sindicato anunciam os destaques do SENAR Tec Leite em Pontes e Lacerda
 
Veja mais notícias

Buscar Cursos
 
 POR TIPO DE CURSO
 
 
  POR CIDADE
 
 
 
Formação Profissional Rural
 
 
Promoção Social
 
 
 
 
 
 
(65)3928-4800
SENAR-MT 2014 - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
senar@senarmt.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, sn, Qd 01
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP 78.049.015 - Cuiabá-MT