Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
28 de Mai de 2018

voltar
 
RECONHECIMENTO
Famato presente em Sessão Geral da OIE que reconheceu o Brasil livre da febre aftosa com vacinação
CNA
 

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participaram no dia 20, da abertura oficial da 86ª Sessão Geral da Assembleia Mundial da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), que encerrou na última sexta (25), em Paris, com o reconhecimento do Brasil livre de febre aftosa com vacinação.

 

O certificado internacional foi entregue pela OIE ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi. Apesar de o Brasil estar há 12 anos sem registro da doença nos rebanhos, os estados do Amazonas, Roraima, Amapá e parte do Pará ainda não tinham sido reconhecidos pela OIE como áreas livres da enfermidade.

 

"Esse reconhecimento foi possível graças ao empenho e trabalho dos produtores rurais, das Federações, da CNA, dos Sindicatos e de diversas instituições do país", afirmou o presidente do Sistema Famato, Normando Corral, que participou da abertura do evento.

 

O presidente da CNA, João Martins, disse que o evento foi um marco histórico para a pecuária brasileira. "Estamos aqui para receber o título do Brasil livre de aftosa com vacinação, da Amazônia até o Rio Grande do Sul. A partir de agora, nós teremos condições de negociar nossa carne com outros países", destacou Martins.

 

Durante toda a semana, segundo o coordenador do Grupo Técnico de Defesa Sanitária da CNA, Decio Coutinho, a CNA participou de debates técnicos sobre mudanças no código sanitário internacional, tanto dos animais terrestres, como animais aquáticos de diversos países.

 

"Com esse certificado, nós saímos da relação de países com áreas livres de febre aftosa e nos tornamos um país livre da doença com vacinação. No momento que temos o país todo na mesma condição sanitária, a segurança é muito maior", disse Coutinho.

 

Santa Catarina é o único estado reconhecido pela OIE como livre de febre aftosa sem vacinação. O próximo passo é erradicar a doença em todo o território brasileiro e obter o certificado internacional do país como livre de aftosa sem o uso da vacina.

 

Para isso, o Mapa elaborou o Plano Estratégico para o Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), que prevê ações estratégicas para ampliar as zonas livres sem vacinação.

 

"Para facilitar o processo de transição de país livre com vacinação para livre sem vacinação, os estados foram separados em cinco blocos. A retirada das vacinas está dividida em três etapas, iniciando em 2019 e finalizando em 2023", explicou Decio.

 

Na terça-feira (22), o presidente da CNA lançou o sistema de rastreabilidade de carnes, o Agricultural Traceability System CNA Brasil (Agri Trace), para realizar a gestão de protocolos de rastreabilidade de adesão voluntária da cadeia produtiva da carne bovina.

 

Participam também da assembleia da OIE a presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada Tereza Cristina, os presidentes das Federações de Agricultura do Amapá (FAEAP), Luiz Iraçu Colares, de Minas Gerais (FAEMG), Roberto Simões, do Rio Grande do Sul (FARSUL), Gedeão Silveira, além do Diretor Geral do Senar, Daniel Carrara e da Superintendente de Relações Internacionais da CNA, Lígia Dutra.



Fonte: Ascom Famato, com informações da CNA
 

VEJA TAMBÉM
Plano para a retirada da vacinação da febre aftosa é apresentado ao Poder Legislativo de MT
Famato participa de reunião em Curitiba para discutir a antecipação da retirada da vacinação
Famato apoia a Reforma da Previdência
CNA faz primeira reunião itinerante de 2019 em Cuiabá
 
Eventos
15ª Expoband
20ª Expocas
16ª Expotapurah
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT